Previsão do Tempo

Hoje

Caminhada Cívica em Ipiranga do Sul celebra a Independência do Brasil

14/09/2015

Amor, civismo, valores e uma bonita demonstração de respeito à Pátria. Assim crianças, jovens e adultos demonstraram pelas ruas de Ipiranga do Sul que a data em comemoração aos 193 anos da Independência do Brasil foi também de valorização das potencialidades locais.

Com a expressiva participação da comunidade ipiranguense, a Secretaria de Educação de Ipiranga do Sul, Governo Municipal realizou a Caminha Cívica com participação da Corte Municipal, Banda Municipal, Grupo da Terceira Idade Viver e Amar, Coral, Projetos do Cras, CTG Herança dos Tauras, Colégio Estadual Ipiranga, Escola Municipal Dom João Becker, Clube de Mães, Turismo Artesanato, Banda Marcial de Soledade (convidada), projetos da Esc. Municipal Música, Escolinha de Futsal e Hapikdo.

A surpresa foi a apresentação de antigos integrantes da Banda Municipal que reorganizaram o grupo coordenados pelo professor Bruno Klein. Denominada de “Furiosa”, estampava nas camisetas a frase “A Furiosa Voltou”. Numa cadência bem marcada e ritmo firme, os 18 ex-alunos arrancaram aplausos da plateia e relembraram as apresentações da antiga Banda da Escola Ipiranga. “Há 19 anos não tocávamos juntos. Foi um momento de muita emoção. Colocamos o coração acima de tudo. Para resgatar o passado a Furiosa Voltou”, disse o professor Klein.  

O prefeito Mario Luiz Ceron, agradeceu a participação de todos no evento e parabenizou a comunidade pela dedicação, os projetos e entidades que aceitaram o convite e se propuseram a realizar um belo momento patriótico. “Penso que são momentos assim que devemos valorizar em com unidade, o exemplo às nossas crianças com educação, respeito e amor à Pátria”, comentou o líder do Executivo Ipiranguense.

Professor do Ensino Médio, Jandir Sartori, afirmou que Ipiranga do Sul viveu um momento forte de resgate. “A tanto tempo que não se realizava Desfile Cívicos. Ipiranga do Sul deu uma amostra daquilo que é, foi e sempre será capaz. Os valores cívicos, éticos e humanos precisam ser perpetuados num mundo que as vezes se esvazia nesse sentido. Ipiranga do Sul é um município próspero. Por isso achei uma atitude justa e louvável  este evento de cunho cultural e patriótico e tão importante”, comentou o professor.