Previsão do Tempo

Hoje

Transformando reciclados em artesanato

07/03/2016

Mulheres de Ipiranga do Sul realizaram mais uma edição do curso de artesanato entre os dias 29/02 a 03/03, no Centro de Referência da Assistência Social (Cras), oferecido pelo Cras em parceria com a Emater/RS-Ascar e o Senar.

Conforme a instrutora, Mareni Bresolin Catanio, o curso apresentou técnicas de artesanato envolvendo material reciclado, tendo como objetivo transformar materiais diversos como vidros, jornais, plásticos, retalhos de tecidos em peças decorativas e utilitárias, pensando na sustentabilidade e no bem comum da humanidade, conscientizando que é possível criar hábitos de reciclagem com materiais encontrados em seu meio.

 

As vantagens de reciclar vão desde a diminuição do consumo de matérias primas à redução dos impactos ambientais sanitários e sociais gerados tanto pelo lançamento indiscriminado de resíduos no ambiente quanto pela implantação de instalações. Conforme a secretária de Bem Estar Social, Nádia Sandri Ceron, outro benefício é a redução nos custos de fabricação de alguns produtos e a geração de trabalho e renda. Nádia agradeceu o envolvimento das participantes no curso, a Equipe do Cras, Emater, e reiterou a união de todos nas atividades ofertadas pela Secretaria.

A psicóloga do Cras, Daiane Chechi, explica que os grupos de artesanato potencializam as capacidades dos sujeitos na busca de proporcionar mudanças de comportamento e atitudes. “As pessoas são levadas ao desenvolvimento da autonomia e enfrentamento das condições geradoras de sofrimento, ao mesmo tempo em que promove a saúde e o bem-estar emocional”, considera.

Para a extensionista Rural Social da Emater/RS-Ascar, Renata Bombana, o curso além de qualificar as mulheres desenvolve habilidades manuais, promove geração de renda e a valorização das pessoas, elevando a autoestima e a qualidade de vida.