Previsão do Tempo

Hoje

Ipiranga do Sul realiza Projeto de Leitura e Contação de Histórias

27/04/2018

A contação de histórias é uma das atividades mais antigas, passada de geração para geração, pois, através dela é possível expressar sentimentos, emoções e experiências.  Ela vem sofrendo mudanças ao longo dos anos, a respeito de sua estrutura e da importância na formação social do sujeito, proporcionando uma aprendizagem significativa e diferenciada.

Todas as etapas da educação precisam de atenção, mas a educação infantil e as séries iniciais, merecem um olhar especial. Cabe aos educadores apropriarem-se de metodologias lúdicas, oportunizando e despertando o gosto pela leitura e pela audição de histórias, processo esse, importantíssimo para o desenvolvimento intelectual, psicológico e moral da criança, objetivando noções de valores, formação de atitudes como: respeito mútuo, empatia, cooperação, aceitação de si e do outro, sentimentos como: alegria, tristeza, medo, alívio, encantamento, interação e socialização. Suscitar o imaginário infantil, criando novas ideias, estimulando o intelecto, despertando emoções e descobrindo o mundo.

Pensando de forma inovadora e lúdica, a Secretaria de Educação de Ipiranga do Sul, iniciou o projeto “Contação de Histórias”, envolvendo as turmas de Educação Infantil e séries iniciais, com atividades semanais de ‘contação’ na biblioteca e retiradas de livros.

A idealizadora do projeto, secretária de Educação e professora Stelamaris Schio Hahn afirma que contar histórias é recriar vidas, desenvolver a imaginação e sensibilizar as emoções, o que contribui de forma positiva no desenvolvimento integral da criança.

A professora e contadora de histórias Juliana Nogueira, comenta que, ao receber o convite para desenvolver essa atividade, ficou muito feliz. “Sabemos que a imaginação é a base de toda a atividade criadora e, manifesta-se em todas as áreas de nossa vida. Ouvindo histórias a criança pode sentir e desenvolver emoções importantes, bem como o duvidar e o questionar, diz a professora Juliana e que, por isso o papel do contador de histórias é de fundamental importância nesse processo de aprendizagem.

Fonte: Secretaria Municipal de Educação