Previsão do Tempo

Hoje

Secretaria de Saúde lança projeto sobre uso racional de medicamentos

25/06/2019

 

 

 

A Secretaria de Saúde de Ipiranga do Sul, a partir de informações e dados referentes à automedicação e os problemas decorrentes da utilização equivocada de medicamentos implantou, no mês de maio, o Projeto “Jovens conscientes, adultos responsáveis, idosos mais felizes” .

Segundo a farmacêutica da Unidade Básica de Saúde (UBS), Alexandra Nava, o objetivo do Projeto é conscientizar a população para o uso racional de medicamentos. “O objetivo  é trabalhar com toda a comunidade, utilizando a informação como estratégia de conscientização para o uso de medicamentos, uma vez que a automedicação e os problemas decorrentes da utilização equivocada geram sério risco de intercorrências, intoxicações e mortes”, alerta a farmacêutica.

Ainda, conforme Alexandra, o Projeto acontece em quatro etapas. Na primeira, foi desenvolvido o REMUME, Relação Municipal de Medicamentos Essenciais, que estão disponíveis na UBS, e pode ser visualizada por meio do site da prefeitura. Na sequencia, todos os profissionais da unidade se engajaram para planificar os atendimentos. “Essas pequenas atitudes visam melhorar a qualidade dos atendimentos, racionalizando o consumo dos medicamentos com foco na  prevenção”, destaca.

De acordo com a farmacêutica, na terceira etapa, as agentes de saúde foram reunidas, destacando a importância do trabalho delas no contexto, uma vez que estão em contato direto com os pacientes. ”Entregamos um questionário onde irão avaliar como os medicamentos são armazenados e as dificuldades de cada família. No mês de junho, apresentaremos os dados e iniciaremos um trabalho chamado “Mais cor na nossa vida", que objetiva a separação dos medicamentos por cor, relacionando ao horário de sua ingestão”, destaca Alexandra ao lembrar que também está sendo  desenvolvida, na Escola Municipal de Educação Fundamental Dom João Becker a quarta e última etapa. “Com alunos de 5º a 9º ano, realizaremos discussão, dinâmica e confecção de material para socialização”.

Por fim, Alexandra ressalta que, ao término dos desafios propostos, será realizado um momento de socialização com a comunidade, onde será colocando cartazes em locais públicos, além de promover ações para conscientizar sobre a utilização correta dos medicamentos. “As ações estão sendo desenvolvidas com o intuito de reduzirmos os problemas decorrentes do uso inadequado dos medicamentos, sempre na busca da melhoria da qualidade de vida do cidadão” observa.