Previsão do Tempo

Hoje

‘Contratos digitais: o que precisamos saber antes de clicar’ é tema de palestra na escola em Ipiranga do Sul

30/10/2019

 Na tarde de terça-feira, 29, o professor doutor em georreferenciamento, Carlos da Silva, da URI Campus de Erechim, esteve na Escola Municipal de Ensino Fundamental Dom João Becker de Ipiranga do Sul, palestrando para direção, professores e alunos sobre Contratos Digitais.

De acordo com o professor Carlos, precisamos ser prudentes antes de clicar. “Às vezes, por negligência ou mesmo por falta de informação, acabamos clicando rapidamente para baixarmos um programa e isso nos trará comprometimentos futuros. Nesse sentido, devemos ter em mente o que precisamos saber antes de clicar ou de dar o clique decisivo para executar uma tarefa”, ressalta.

 

Segundo o professor, as mídias digitais são rápidas em suas atualizações. “É muito importante saber a parte subliminar dos contratos digitas porque no momento que clicarmos, as licenças estarão a nível mundial e não tem mais volta”, destaca Carlos e complementa dizendo que é interessante observar a faixa etária das pessoas que estão acessando esses aplicativos, pois, muitas vezes, há um regramento jurídico e, frisa que no momento que o filho tem um celular, este aparelho é de responsabilidade dos pais ler todo o tutorial, ou seja, como se dá o acesso a está mídia, que se chama de contratos digitais.

Também foi abordado pelo professor, como se dá contribuição dos pais no processo de uso do celular e o papel do usuários, neste caso dos alunos. “Mostramos aos estudantes quais são as influências e as causas a níveis de cérebro, coluna vertebral, visão e audição quando, ao deitarmos, pegamos o celular. Podemos exemplificar no momento em que inclinamos muito a cabeça ao deitar para acessarmos as mídias sociais. Nesse momento,  estamos chamando o cérebro para estar novamente ativo, quando, na verdade, o momento seria de descanso e isso terá sequelas futuras para nosso corpo”, observou.

A palestra foi exposta, para alunos, em vídeos e áudios. “Esperamos que os estudantes coloquem em prática todo este conhecimento que compartilhamos esta tarde”, conclui o professor Carlos.

 

Redação: Fonte Agência de Jornalismo